Comunicado do Boavista FC – Para onde caminha o futebol?

O Boavista FC solicitou ao SL Benfica, como é norma nestas ocasiões, bilhetes para colocar à disposição dos seus Sócios e simpatizantes tendo em vista o jogo da sexta jornada da Liga Portugal bwin.

No entanto, o SL Benfica comunicou que não disponibilizaria bilhetes para público em geral, mas apenas para a Zona Especial de Adeptos, de acesso exclusivo a portador do cartão de adepto, uma vez que, segundo informação oficial, o Estádio da Luz não contempla uma zona destinada a adeptos da equipa visitante.

Nada nos move diretamente contra o SL Benfica, que nos informou ter feito todos os possíveis para garantir a presença de adeptos do Boavista FC no Estádio da Luz para o jogo da próxima segunda-feira; estamos contra, isso sim, leis que marginalizam o futebol na comparação com todos os outros espetáculos. Em defesa dos nossos adeptos, passamos, por isso, a estar obrigados a aplicar a todos os clubes as mesmas regras que nos forem impostas nos jogos disputados nos seus estádios, de forma a agirmos com reciprocidade nas partidas realizadas no Estádio do Bessa Séc. XXI.

Durante este processo, o SL Benfica informou-nos ainda não ter sido autorizado a criar uma zona específica do Estádio da Luz para receber os adeptos do Boavista FC que não sejam portadores do cartão de adepto e que, consequentemente, apenas poderia disponibilizar bilhetes – que obviamente recusamos – para zonas do estádio em que não seria possível garantir as condições mínimas de segurança para os nossos adeptos. Esta situação torna esta lei ainda mais incompreensível.

Nesse sentido, questionamos qual é a vantagem, para o futebol português, de privar os adeptos de assistirem a um jogo em que vai participar a sua equipa? Quem ganha com isto? Está visto que a segurança dos adeptos não é de certeza.

Mais: numa altura em que todos lutamos, e bem, para que os espetáculos de futebol sejam cada vez mais atrativos de forma a incentivar a presença dos adeptos nos estádios, sobretudo depois de um ano particularmente difícil para todos devido à pandemia, que sentido faz privar as famílias de assistirem a um jogo de futebol?

Queremos um futebol cada vez mais profissional, até na perspetiva da “internacionalização do futebol português através da centralização dos direitos televisivos” – palavras do Secretário de Estado da Juventude e do Desporto -, e depois, à boleia de leis absurdas, impede-se a presença de todos os adeptos nos estádios de futebol?

Sendo assim, e porque não vamos poder contar com os nossos adeptos no Estádio da Luz, a Direção do Boavista FC decidiu devolver todos os bilhetes protocolares disponibilizados pelo SL Benfica para este jogo.