Inauguração do Lar da Formação – Habitat da Pantera

A remodelação do Lar da Formação – Habitat da Pantera, contíguo ao Estádio do Bessa Séc. XXI, foi apresentada esta terça-feira, numa cerimónia que contou com a presença do Dr. Vítor Murta, presidente do Boavista FC, do Eng. José Domingos e do Dr. Filipe Lopes, administradores do Grupo Omatapalo Portugal, empresa responsável pela remodelação do espaço, e ainda dos restantes membros da Direção do Clube.

O edifício sofreu uma forte intervenção estrutural ao longo dos últimos meses, que visou dotar o espaço de melhores condições. Com efeito, foi efetuada uma restruturação com grande impacto num espaço que contempla nove quartos, cozinha e casas de banho, para além de terem sido criadas uma nova sala de estar e outra de lazer, sempre com o objetivo de oferecer um melhor nível de vida aos atletas residentes.

“Este é um dos muitos projetos essenciais para o crescimento sustentado que temos previsto para o Boavista FC”, começou por afirmar Vítor Murta. “Queremos dotar o Clube das condições que lhe permitam formar atletas que farão parte da história do Boavista e do futebol nacional. Estamos a apostar no crescimento ao nível de infraestruturas, como é exemplo disso os novos campos de treino. Para além disso, fizemos recentemente melhorias no Estádio, nos balneários e na zona técnica, e ainda criámos uma zona de lazer para os jogadores e um restaurante para as equipas profissionais. Estamos a crescer e esta obra no Lar da Formação é mais um exemplo do trabalho que temos vindo a desenvolver”, explicou.

A remodelação do Habitat da Pantera contou com o “enorme contributo da Omatapalo”, que teve como porta-voz o Eng. José Domingos. “Este projeto reveste-se da maior significância para nós, na medida em que a aposta no desporto é muito importante por estar sempre na raiz daquilo que são as bases de formação dos desportistas e, por consequência, da sociedade”, afirmou o administrador da Omatapalo Portugal.